Gestões de Viagens Corporativas: qual a real importância?

Gestões de Viagens Corporativas: qual a real importância?

Gestões de viagens corporativas podem ir além do controle operacional desta ação. Veja a importância! Todo mundo sabe que gestões de viagens corporativas são de extrema importância. Tanto para o colaborador, que viaja a negócio, quanto para a empresa. Certo? O valor agregado na experiência é uma grande oportunidade para todos e amplia diversas perspectivas para a organização. Mas qual a real importância das gestões de viagens corporativas? Antes de mais nada, é fundamental entender a problemática que envolve as viagens corporativas. Afinal, grande parte das organizações atualmente ainda não entendem como uma gestão pode trazer benefícios ou prejuízos. Grandes empresas possuem um departamento específico ou profissionais apenas orientados a gerir essas viagens. Já as demais organizações normalmente pecam com a gestão de viagens corporativas. Cenário das empresas brasileiras A empresa de tecnologia Argo IT realizou uma pesquisa em que diz que, em uma empresa, as viagens corporativas ocupam o terceiro lugar na lista de despesas que são controláveis. Porém, esta mesma pesquisa revelou que 52% das empresas brasileiras analisadas não utilizam nenhum tipo de sistema ou ferramenta para auxílio na gestão de viagens. Muito menos contratam uma agência especializada neste gerenciamento, como a Emporium Travel. O que essas empresas não sabem é que, gestões de viagens corporativas, feitas de maneira adequada, podem reduzir até 30% dos custos. Más gestões de viagens corporativas Imagine a seguinte situação… Ao se deparar com uma viagem de negócios, você busca todas as informações e necessidades na internet. Encontra o que acredita ser melhor para o viajante e para a empresa e, então, faz todas as reservas. Pode parecer simples e até mesmo prático, não...

Quais são os desafios dos gestores de viagens corporativas para 2016? Confira este post e baixe um eBook sobre o tema

Desde meados de 2013 as expectativas para 2014, 2015 e 2016 apontam trajetória de queda e continuam a ser revistos para baixo. Se em 2014 o PIB deve crescer 0% (economia estagnada), em 2015 o crescimento é negativo em 0,6% (economia em recessão) para apenas em 2016 voltar a crescer 1,5% (mesmo assim as projeções têm viés de baixa). Somado a estes fatores temos um outro vilão da história: desempregado aumentando e as taxas de juros cada vez maiores. Essa é um cenário que assusta qualquer investidor! Os consumidores também passam a controlar mais seus gastos com receio do virá em 2016. Agora é o momento das empresas refletirem sobre seus orçamentos e investir de forma inteligente para não perder mercado e tão pouco gastar de forma imprudente. Esse conjunto de fatores provavelmente atingirá viagens corporativas para 2016 e consequentemente os desafios serão maiores pois as empresas colocarão o pé no freio. eBook Desafios da Gestão de Viagens Corporativas para 2016 Pensando nesse cenário nada amigável, a Emporium Travel desenvolveu um eBook para gestores de viagens com objetivo de ajudá-los a planejar seus orçamentos e mostrar os possíveis obstáculos o crescimento para o próximo ano.  A principal dúvida que observamos nas empresas todos os anos é como realizar uma previsão de demanda para viagens corporativas. Acreditamos que existem duas formas de medir a demanda que a sua empresa pode utilizar e neste eBook oferecemos alguns insights de como proceder. Outro fator importante é verificar e entender quais tipos de indicadores (KPI’s) sua empresa precisa analisar para ter um controle mais robusto das viagens corporativas. Estes indicadores precisam expor de...
Pequenas empresas pagam até 19% mais caro para viajar

Pequenas empresas pagam até 19% mais caro para viajar

Pequenas empresas oneram os gastos com viagens corporativas pela falta de controles e regras. Veja como reduzir os gastos da sua empresa com viagens. A tecnologia é um trunfo para as empresas. Hoje em dia, podemos nos conectar com qualquer pessoa ao redor do mundo com uso de uma infinidade de ferramentas. Por este ponto de vista, a tecnologia veio para nos ajudar a encurtar distâncias e reduzir gastos com viagens, por exemplo. No entanto, mesmo com uma variedade de tecnologia, faço uma aposta aqui com você: Não poderemos substituir uma conversa frente a frente e um aperto de mão. Quem não concorda? Logo, viajar para fechar um negócio é necessário e uma rotina para as pequenas empresas. A pergunta é: Como a sua empresa pode diminuir as despesas com viagens corporativas?  O primeiro obstáculo que as pequenas empresas encontram ao criar uma meta de redução de gastos com viagens, é pelo simples fato de não entenderem onde dinheiro está sendo gasto. Em outras palavras, não existe qualquer modelo de gerenciamento e monitoramento de gastos com viagens implementado na empresa. Podemos entender como sistema de monitoramento o selfbooking que facilita a gestão de viagens da empresa. Outro ponto que observamos é uma liberdade sem critérios ao escolher os fornecedores de viagens. Aqui nos referimos ao descontrole sobre as cias áreas, hotéis e locação de veículos. Ou seja, o funcionário pode direcionar a escolha de um fornecedor mais caro em detrimento de benefícios de milhagens ou bônus que o mesmo oferece, não levando em consideração o menor valor em relação a outro fornecedor com características e condições similares. Portanto, se...
Viagens Corporativas: dicas para economizar

Viagens Corporativas: dicas para economizar

Gerenciar os custos de viagens corporativas pode ser um desafio para muitas empresas. Entenda como melhorar sua gestão de viagens. Viagens corporativas são essenciais para a conquista de um novo mercado ou de uma parceria comercial, para atrair novos clientes e até para participação em eventos importantes e reuniões. Mesmo com uma infinidade de tecnologias que estão a nossa disposição, o contato pessoal ainda se faz necessário, e portanto as viagens corporativas ilustram este contexto. Da mesma forma que o segmento vem apresentando crescimento, ainda que moderado em 2014, viagens corporativas vêm ganhando cada vez mais espaço e importância dentro das empresas e as despesas com viagens corporativas muitas vezes podem saltar dos relatórios financeiros do final do mês. Viagens a negócio estão hoje entre os maiores gastos das empresas, e em muitas empresas, acaba ficando atrás somente da folha de pagamento e da área de tecnologia. Mas existem algumas maneiras para economizar com viagens corporativas e que a maioria das empresas ainda não implementaram. Gestão de Viagens Corporativas O principal problema em uma organização que tem gastos com viagens é a gestão ineficiente. Nas empresas faltam planejamento, implementação de uma política de viagens bem estruturada e com foco em certas diretrizes, ou em outras palavras, com base no perfil da empresa. Antes de começar a pensar em reduzir custos, a empresa precisa identificar quais áreas mais necessitam viajar, que tipo de viagem ocorre com mais frequência e em qual época do ano existem mais compromissos. Após ter essas informações é possível elaborar uma política de viagens com foco na redução de custos. Esse é um processo que necessita...